Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘UN’

O Programa Alimentar (PAM) das Nações Unidas vem alertar para uma situação que há muito vem sendo divulgada por várias ONG’s: a Coreia do Norte está a passar fome.

O PAM diz que o aumento dos preços e as magras colheitas – a que eu acrescento, porventura, a má gestão – estão a levar a Coreia do Norte a enfrentar uma grave crise humanitária e alimentar.

Relembro o post do início do mês:

A Good Friends (uma ONG sul-coreana) diz que o racionamento de alimentos na Coreia do Norte atingiu um grau tão severo que o Estado mandou até cortar nas rações dos habitantes da capital.

O PAM também tem vindo a reduzir drasticamente a ajuda alimentar à Coreia do Norte. Em 2006 alimentava seis milhões de pessoas e agora alimenta apenas um milhão e 100 mil norte-coreanos. Tudo isto graças ao apertado esquema de segurança imposto aos voluntários que vêm de fora e que querem ajudar.

Read Full Post »

                 [Foto retirada do sítio Army Recognition – Míssil PAC-3]

pac-3.jpg

 A Coreia do Norte tem 13 mil sistemas de artilharia e 800 mísseis. 

O general norte-americano escolhido para assumir o comando das forças aliadas na Coreia do Sul (ONU e EUA) veio dizer que o Norte permanece como um vizinho perigoso e que as defesas anti-mísseis do Sul estão em baixa 

O general Walter L. Sharp explicou que “os mísseis PAC-3 disponíveis no Sul são insuficientes para conter a ameaça dos mísseis norte-coreanos”. 

Os anti-mísseis PAC-3 são uma versão avançada dos Patriot, que se tornaram famosos durante a Guerra do Golfo, em 1991, quando Saddam Hussein lançou mísseis Scud contra países vizinhos. 

Sharp acrescentou que a Coreia do Norte, apesar possuir um arsenal de guerra envelhecido, ainda constitui uma ameaça substancial e que a Coreia do Sul deve desenvolver com urgência um sistema anti-míssil para se proteger de um possível ataque de Pyongyang.

Cerca de 28 mil militares norte-americanos estão estacionados na Coreia do Sul, desde a Guerra da Coreia (1950-53).

Read Full Post »

A Coreia do Sul irá votar a favor de uma resolução da ONU sobre as alegadas violações dos direitos humanos na Coreia do Norte.

A informação chega de uma fonte Ministério dos Negócios Estrangeiros de Seul.

É uma mudança na atitude do Sul para com o Norte que na última década sempre se mostrou relutante em criticar publicamente o regime de Kim Jong-il.

Sem mencionar esta tomada de posição, o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, disse esta quarta-feira que mais do que ninguém ama o povo norte-coreano e acredita que “os norte-coreanos devem ter direito a gozar da felicidade como qualquer ser humano”.

Pyongyang tem rejeitado todas as críticas e diz que são apenas ataques dos Estados Unidos para derrubar o regime da Coreia do Norte.

Read Full Post »

%d bloggers like this: