Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Dezembro, 2007

Confesso. O coração da Coreia do Norte parece estar a bater num peito aberto e eu gostava de lá estar, novamente.

Pela primeira vez em mais de 50 anos, um comboio de mercadorias atravessou hoje o Sul em direcção a Norte. O serviço vai passar a ser regular.

A Filarmónica de Nova Iorque foi convidada a actuar em Pyongyang, tal como eu já havia escrito a 12 de Outubro. O convite foi aceite e agora Beethoven, Bach e Bernstein vão encher a sala do Grande Teatro de Pyongyang, na noite de Ano Novo. Até o hino norte americano, “The Star-Spangled Banner” (a Bandeira Estrelada), vai ecoar na capital norte-coreana.

O pequeno mundo fechado, desta península asiática, parece acordar de uma preguiça democrática e eu a-d-o-r-a-v-a regressar para este esfregar de olhos…

Read Full Post »

Postal de Natal

santa.jpg

A vida tem andado agitada, por isso este post já deveria ter sido escrito há três dias, mas não posso deixar de assinalar tamanho feito.

George W. Bush escreveu uma carta a Kim Jong-il.

A missiva foi entregue ao “Querído Líder” pelo seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Pak Ui Chun, que por seu turno a tinha recebido das mãos de Christopher Hill, o subsecretário de Estado norte-americano e enviado especial dos Estados Unidos às conversações sobre o desmantelamento do programa nuclear da Coreia do Norte.

Não sabemos se terá havido votos de um santo e feliz natal, até porque a Casa Branca recusou publicar uma cópia. O presidente norte-americano terá escrito, no entanto, a carta num tom cordial. O desmantelamento nuclear norte-coreano deveria estar pronto até final deste mês, mas as coisas estão atrasadas. No entanto, parece haver alguma flexibilidade de Washington. Foi essa “paciência” com alguns limites que Bush pareceu demonstrar na carta.

Certezas, certezas só mesmo quanto ao remetente. Bush endereçou a carta ao “Dear Mr. Chairman”. Dá-se apenas o caso do “Dear Mr. Chairman” ser “Dear Leader” na Coreia do Norte, mas tudo bem. E em 2002, Bush disse mesmo que Kim Jong-il lhe provocava uma “reacção visceral”. O resto já se sabe: a Coreia do Norte, em conjunto com o Irão e o Iraque, formavam o “eixo do mal”, e por aí.

Ho, ho, ho! Merry Christmas!!

Read Full Post »

« Newer Posts

%d bloggers like this: